Por que sempre estamos buscando a felicidade?

Você certamente sempre se faz essa pergunta não é mesmo? Neste post tentamos respondê-la. Boa leitura!

Parece que a vida é uma incessante busca pela felicidade. Aonde é que ela se encontra? Talvez esteja aqui, neste instante, enquanto seus olhos percorrem essas palavras, mas você não percebe, pois, sua mente permanece querendo saber por que sempre estamos buscando a felicidade?

felicidade

Esta é, sem dúvidas, uma questão antiga.

Todo mundo já deve ter se perguntado ao menos uma vez na vida: O que é felicidade? Tentando encontrá-la percorre os dias como se brincasse de esconde-esconde e a felicidade sempre fosse a campeã. — Não tente mais competir com ela, sempre vai perder.  O que todo mundo sabe é que pode ser feliz, apenas acredita que não conseguiu entender como. Será que a felicidade é como aquele pote de ouro no fim do arco-íris?  Quem é que sabe onde está o final dele? Não é corpóreo, como a fé acreditamos naquilo que não vemos. Uma coisa não podemos negar: Todo mundo quer ser feliz.

boa ser feliz

Sim! Precisamos e merecemos a felicidade.

Todos somos dignos de dias felizes, de uma vida plena. Felicidade é um conjunto de subjetividades. Pois, o que pode me fazer feliz talvez não te faça. Enquanto cada ser tiver uma concepção sobre a felicidade, ninguém poderá defini-la. Por esta razão, podemos pensar que ela é um sonho distante, que está nas extremidades intangíveis e por vezes, concluir que não somos ou seremos felizes.  Acredite: precisamos e merecemos a felicidade. Entenda logo abaixo o que a filosofia diz sobre felicidade:

3 Filósofos e suas definições sobre felicidade

Aristoteles
A felicidade metafísica de Aristóteles
Para o mais notável filósofo, a felicidade é o maior desejo dos seres humanos. Segundo ele, é através das virtudes que se encontra a felicidade. Semeando boas virtudes, se colhe a felicidade. Felicidade é um estilo de vida. É um exercício diário que o ser humano precisa fazer sobre o que há de mais precioso dentro dele. “Eudaimonia” como sua tese é conhecida, nela também é destacada a ideia de que também se faz necessário cultivar o caráter e a prudência e uma “pitadinha” de sorte para encontrar a felicidade plena.

2. Slavoj Zizek e o paradoxal sentimento de felicidade

Acreditando que: “a felicidade é uma questão de opinião, e não de verdade”, considerando que a felicidade é um produto dos valores capitalistas, que a satisfação é resultado de uma promessa para o consumo. “O ser humano é um eterno insatisfeito porque na realidade não sabe o que quer.” Ele acreditava que as pessoas Estão sempre buscando pela felicidade acreditando que a encontrarão em bens materiais (casa, carro, viagens, roupas) e que, na verdade nunca estão satisfeitos, pois buscam uma coisa da qual nem sabem direito o que é.

3. Nietzsche e a felicidade:

Para ele, “estar bem” seria considerado “um estado ideal de preguiça” sem preocupações e temor. Um desejo de pessoas medíocres que não estimavam a vida. Como uma condição finita, que a qualquer instante pode se modificar:- “estar bem” graças a circunstâncias favoráveis ou a boa sorte não é felicidade.” — ele acredita que “a felicidade é força vital, espírito de luta contra todos os obstáculos” que limitam a autoafirmação e a liberdade. Portanto, –“ser feliz é ser capaz de provar dessa força vital”, — Atravessando obstáculos e criando formas de viver.

Você acredita que algum deles conseguiu responder Por que estamos sempre buscando pela felicidade?

uma-coisa-e-certa-ficar-sentado-se-sentindo

Felicidade é mensurável?

Para uma palavra quase inexplicável (ou muito subjetiva) pode-se dizer que depende da importância que damos à ela quando descobrimos que ela existe. Defini-la é uma arte para poucos. Você sabe me dizer Por que estamos sempre em busca de felicidade?

E se parassemos de buscar por ela e esperar que ela nos encontre assim… meio que por uma força do destino (por assim dizer)Pode ser que a vontade de ser feliz, nos impeça de enxergar que talvez ela já exista dentro de nós, e que está adormecida dentro dos nossos infindáveis desejos…

“Não busque a felicidade, a felicidade é o caminho” -será que está no GPS? No dicionário? No Google? Onde está a resposta ou essa rota?

Buscamos sempre a felicidade por acreditarmos que ela seja a tempestade após a bonança, a cura de uma doença, a realização de sonhos, a chegada ao paraíso ou ao sucesso. Talvez isso tudo seja uma ilusão moldada pelo capitalismo, ou por mentes sonhadoras e inquietas. Buscamos sempre a felicidade por acreditar que dias melhores existam e sim, eles existem e podem se chamar hoje, amanhã e sempre.

Não precisa travar uma batalha com a tristeza para encontrar a felicidade, permita-se uma calma e talvez você encontre a felicidade aí, adormecida em sua alma.

felicidade (1)

Obrigada pela leitura, Érica Calefi =)

 

 

 

 

3 comentários em “Por que sempre estamos buscando a felicidade?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s