Sim! Você É feliz, vai por mim!

Ao som de DAVID GUETTA este aí, ouça comigo!

Você acha que não é feliz como gostaria?

Primeiro deixa eu te fazer uma pergunta: por que você não se considera feliz o bastante? Você também acredita que a grama do vizinho é mais verde? Que ele é mais privilegiado e muita gente está melhor resolvido no quesito (felicidade) do que você?

Partindo do princípio que acredito que felicidade é uma questão de ser e não estar. Exemplo: posso estar sentindo um instante de tristeza por algo que possa ter me ocorrido, todavia sentir-me feliz na essência. Estaria triste, mas não me julgaria uma pessoa infeliz.

 

triste e alegre

Pense menos – Sinta mais +

Ficar matutando que não somos felizes o bastante, acaba nos convencendo de que é uma realidade. Como seremos se nem acreditamos que somos? Temos que acreditar que a felicidade não mora ao lado, na casa do vizinho. Ela mora dentro, no coração. Pode ser que esteja apenas precisando ser cultivada. Enquanto contemplamos a grama do vizinho a nossa não está sendo regada. Devemos abrir a porta que tranca a  mente nos fazendo acreditar que a felicidade não foi feita para nós e solta-la para que possamos senti-la (mas em sua mais pura essência) Faça o exercício de pensar menos – que não é feliz e sentir mais+ que vai acabar compreendendo que sim. Somos felizes. Apesar de algumas chateações, de algumas segundas-feiras, de alguns parentes chatos e boletos perturbadores, sim, somos felizes demais da CONTA!

feliz demais da conta

 Onde colocamos tanta felicidade?

Ser feliz o bastante é perceber que detalhes corriqueiros contribuem para grandes momentos: como levar um filho para escola, ter um pai e uma mãe para chamar de seu/sua. Poder comer aquela pizza (apesar da malvada caloria) é contemplar céus e mares, ouvir o canto das ondas ou a ressonância de silêncios. Um dia percebemos que a maior injustiça que cometemos, é reclamar de qualquer coisa quando temos saúde. Aí vem a grande descoberta: somos felizes! Poxa! Como somos felizes. Onde colocamos tanta felicidade?

A felicidade que permitimos sentir.

Quando nos permitimos a felicidade bate, acerta precisamente e não vai mais embora. Ela gosta de ficar aonde é bem-vinda. Acredite, por mais que a tristeza esteja te abraçando,  a felicidade é quem te carrega. Uma hora a dor passa e ela fica. Confie: sim! Você é feliz, vai por mim! Mais feliz do que imagina!

 

FELIZZZ

Gostou dessa “blogagem” que eu escrevi? Ficaria feliz em saber, comente!

Obrigada pela leitura!

Érica Calefi

=)

 

 

Um comentário em “Sim! Você É feliz, vai por mim!

Deixe uma resposta para Colecionadora de Palavras Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s