Resenha do livro: O Tatuador de Auschwitz

Resenha do livro: O tatuador de Auschwitz

tatuador

Desde que vi o título e a sinopse deste livro, fiquei com muita (mas muita mesmo) vontade de lê-lo. Gosto muito de livros do gênero guerra. Sendo romance então…

O livro relata os fatos reais vividos pelo casal: Lale Skolov e Gita Fuhrmannova que se conhece nos campos de concentração. Lale recebe o ofício de enumerar os prisioneiros que chegam ao campo (quanto maior o número, menor o respeito que o prisioneiro tinha) ele é obrigado a tatuar o braço de cada novo “morador” do campo, não raro era o número de bebês, idosos e mulheres que lhe estendiam os braços (contra a vontade e engolindo o choro) para o “registro”.

Depois de receber a tatuagem, cada pessoa deixa de ser um nome, e se torna um número. O número: 34902 foi o que conquistou o coração de Lale. Este número era dono de um olhar único e que derreteu o coração do tatuador de Auschwitz.

Os horrores em que Hitler, Mengele e companhia faziam aos judeus, ciganos e a qualquer inocente que fosse por eles considerado: uma raça ou um ser impuro foram neste livro narrado de maneira delicada, porém sem ser ocultas.

Não é fácil ler este livro e sair ileso às lagrimas. Porém existem momentos de alívio. A superação, a força e a fé que moviam o casal apaixonado tornam o livro lindo. Gostei bastante, apesar da tristeza e de saber que todas as atrocidades ali narradas eram verdades, a história manchada da humanidade e dos seres mais imundos que já existiram (Hitler e Mengele).

Considero uma leitura interessante e este livro me marcou como pessoa, como alguém que acredita no ser humano e nas infinitas formas de acreditar que amanhã pode ser um dia melhor; Lale passa várias mensagens sobre esperança, fé e positividade, mesmo diante de tantos horrores e de não saber como seria o dia seguinte, ele sobreviveu quase três anos no campo. Perdeu muitos amigos, a família quase toda, mas não perdeu a vontade de ser feliz e a força para viver a essência da palavra felicidade.

 

Gostei bastante das notas deixadas pela autora: Heather Morris, que conta como Lale a procurou, contou sua vida e a fez entender a pessoa que ele era e todas as mensagens que ele deixa para o mundo.

 

Leia este livro, você não vai se arrepender!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s